Resumo das semanas de moda #1

A semana de moda de Paris e Ny aos meus olhos. Parte 1: acessórios

Bolsas que podem ser carregadas sem a alça foram sensação dos shows e das ruas, e Proenza Schouler se firma a cada estação na produção de acessórios lindissimos.

Amei essa clutch vermelha. Acho que a moda do vermelho (assim como muitas outras coisas) não fica bem em todo mundo, e o acessório é uma ótima opção para quem gosta de seguir as tendências.

*****************************

O novo jeitinho de segurar as bolsas clutch da Prada foram cartada de mestre, em Paris todo mundo já estava chegando nos desfiles copiando esse charme.

Quem acompanha os desfiles, deve ter percebido que os acessórios brancos voltaram com força total. Vi muitos desfiles com botas brancas, cintos e bolsas. Eu, particularmente não gosto muito, mas a moda é algo surpreendente e não aceita desaforos.

******************************

Vermelho, vermelho e vermelho. Foi vermelho para tudo quanto é lado. Amei a combinação de red com snake. As alças grossas e big aviamentos dão o charme da bolsa. Super chique.

******************************

Os desfiles da Balenciaga, geralmente arrebentam. Cheio de personalidade e um estilo proprio, Nicolas Ghesquière sabe o que faz. O casaco de couro está simplesmente maravilhoso, diferente e inusitado. Bolsa em Maxi textura de trançado de couro foi a grande maravilha de todos os desfiles.

******************************

As grandes clutchs continuam ai, cada vez mais elaboradas e em diferentes texturas e materiais. Detalhe para o trançado do casaco que é o mesmo da bolsa anterior. Um abuso né?

Os sapatinhos boneca, com uma pitada de modernidade, também atravessaram as passarelas, dando a feminilidade as balenciaga’s  girls.

E vocês, vão aderir as tendências?

Natalia Machado

Fashion News!!!!

Foi confirmado hoje, que o estilista Riccardo Tisci, designer da Givenchi, vai entrar no lugar de Galliano na Dior!

Estou ansiosa para ver suas criações na Dior!!!

Welcome!!!


Natalia Machado

It bag ou must have…?

No curso de consultoria de imagem que fiz no Marangoni, aprendi exatamente a definição do que seria um must have e uma peça it.

Ao contrário do que muitas meninas pensam, must have são peças clássicas, peças curingas. Por exemplo: uma Goyard nao é um must have, é um hit, é uma it bag. Já a Chanel 2.55 é uma bolsa que jamais sairá de moda, a Chanel vende este modelo há anos, e jamais deixará de fabricar. É um modelo clássico, que toda mulher deveria ter no armário.

Baseada nisso, fiz uma lista com 5 modelos de bolsas must have e uma lista com 5 modelos de It bags.

Must Have

It Bags


É claro que existem peças com o valor mais acessível que podem ser usadas da mesma forma. Não necessariamente, para andar bem vestida, vc precisa ter uma Birkin ou uma Chanel 2.55.  Existem muitos modelos inspired (e original), é so saber escolher.

E lembrem-se : é muito melhor você ter  uma bolsa maravilhosa de uma marca acessivel, do que uma fake.

E vocês, preferem ter uma bag must have ou uma it bag?

Natalia Machado

Look do dia – Sunny day

Muito bom quando o tempo aqui em Paris melhora e as pessoas se vestem mais a vontade, sem aqueles casacos enormes.

Tava andando na rua e vi esse menino, ele tava tão a vontade, e com cara de feliz que cliquei. É incrível como as pessoas ficam mais felizes quando tem sol aqui.

Confiram:

Espero que o tempo continue assim e me traga muitos looks inspiradores para eu postar aqui para vocês.

E aí, gostam desse  look?

Natália Machado

Profile BemChic: Bianca Marques

Bianca Marques

Apaixonada pelas formas desde os tempos de bailarina da Escola do Theatro Municipal do Rio de Janeiro, Bianca Marques formou-se em Direito, mas acabou se rendendo à Moda. Em 2007, a estilista inaugurou seu primeiro ateliê em Ipanema. No ano seguinte, mudou o endereço para a Rua Redentor, bem no Quadrilátero do Charme do bairro. No ateliê, há mimos para as clientes como a presença de costureiras sempre prontas para fazer ajustes e customizar as peças. Em 2009, a marca dividiu suas linhas em Prêt-à-Porter e Haute Couture. Na contramão do Fast fashion, Bianca investe em peças elaboradas e únicas para a mulher cosmopolita e chic. Nas criações da estilista, tecidos nobres como seda, cetim Chanel, shantung e tafetá convivem com algodão e tricoline.


Natália Machado

Slideshow by webdesign