Comprar produtos de beauté estrangeiros aqui no Brasil é quase impraticável, pois os preços são muito caros! Como nem sempre a gente pode viajar para abastecer a necessaire com as últimas novidades ou com os produtos que a gente não vive sem, só nos resta comprar online em sites internacionais, não é? Mas ultimamente isso tem ficado um pouco mais difícil por causa da operação Maré Vermelha da Receita Federal.

Segundo a RF esta é a “maior operação já executada contra fraudes no comércio exterior” e o objetivo aqui é combater o contrabando, a pirataria, a entrada de produtos de forma irregular e por isso mais barata no país. “Os resultados esperados com a operação são o aumento da presença fiscal e da percepção de risco para os fraudadores, assim como o aumento de retenções e apreensões de mercadorias, o aumento do recolhimento de tributos e multas e a redução das operações danosas ao setor produtivo nacional.” Por causa disso, desde 19 de março os contêiners que chegam as portos brasileiros são fiscalizados com mais rigor, sendo fisicamente verificados quando antes só se fiscalivam se os seus papéis de importação estavam ok.

O que isso significa para nós: as chances de ter a encomenda taxada agora são bem maiores do que antes – apesar de eletrônicos e afins serem mais propensos à taxação. Dessa forma, na hora de comprar o seu produto, coloque um acréscimo de mais ou menos 60% para saber se realmente vale a pena a compra. Além disso, porque não houve aumento no número de funcionários e equipamento para fiscalização está havendo um grande atraso na liberação das mercadorias que chegam ao país.  Se você é do tipo que não aguenta esperar, então talvez seja melhor comprar por aqui o seu produto.

Kia ora!

Cau