No armário sempre temos algo que perguntamos: nossa, porque ainda tenho isso? Que cafona (?)!

O tempo passa e a moda nos dá aquela rasteira. De repente, vem na cabeça aquela peça que foi arrancada do armário tachada como brega, e aí o pensamento: Pra que eu fui doar, era lindo e agora tá todo mundo usando. Comigo sempre acontece, mas não consigo não fazer doações, a energia tem que circular ( hahahah palavras da minha mãe).

Aquele colar de pérolas e bolsinha de correntes da Vovó (seriam peças Chanel?), uma bolsa mais quadrada, (hoje, ela é vintage), o vestido todo bordado (dependendo do bordado, é so fabulous)….e  aquele Clog, o it-shoe do verão, que tá super em alta e você achou que nunca mais fosse usar (nunca diga nunca a qualquer assunto relacionado a moda, você pode se arrepender). Pois é, nem eu.

Depois da Chanel lançar sua coleção Spring 2010 e o Clog ser o hit dos desfiles, as inspirações não param de surgir. Das grifes às fast fashion, as vitrines estão recheadas deles: os famosos tamanquinhos de madeira.

E as ”meninas inspirações”, como Alexa Chung e Mary Kate Olsen (entre muitas outras), já estão desfilando com seus clogs por aí, sendo a la Chanel or not.

Clogs da Chanel

Existem várias opções. Dá para optar por um menos bruto, mais aberto e  com o salto menor (para mim, quanto mais alto melhor), tem para muitos gostos.

Acho super fofo usar com meia calça, quando estiver mais frio ou meia 3/4.  E fica a dica para quem tem a perna mais grossa, tomar cuidado com os clogs, eles dão a impressão que a perna está mais grossinha do que realmente é. Bye-bye Clogs for me.

Natália Machado